BRASIL

23/03/2018 as 10:03

RAPIDINHAS DO PAPITO: Guerra comercial e o apagão do STJ

Uma rapidinha tem sempre o seu lugar


Arte/ Aisllan Peixoto<?php echo $paginatitulo ?>

A guerra comercial deflagrada pelos EUA contra a China estendeu as perdas para os pregões asiáticos, e foi um banho de sangue nas bolsas e no minério. Só petróleo subia com a visão bélica do novo conselheiro de segurança nacional da Casa Branca. Pequim iniciou as retaliações devagar. A expectativa é para a abertura em NY, que deve direcionar os mercados aqui, mais do que qualquer frustração com as decisões do STF sobre LULA.

... Ninguém gostou do que viu no Supremo, nesta 5ªF, quando ministros entraram para julgar um habeas corpus sobre a prisão em segunda instância e terminaram dando um salvo-conduto que impede LULA de ser preso.

... É verdade que o mercado ficaria mais confortável se LULA sumisse do mapa, começando a cumprir pena já na próxima segunda-feira, 26, quando o TRF-4 deve concluir o processo no caso do triplex do Guarujá.

... Agora, ele continuará livre e ativo até pelo menos o dia 4 de abril, quando o HC deverá ser julgado no STF.

... Mas LULA corresponde a um risco distante para o quadro eleitoral, é um candidato fake que vai acabar sendo barrado pela Lei da Ficha Limpa e só incomoda porque ainda continua liderando as pesquisas.

... Apesar do IBOPE que deu o STF, ontem, não foi isso o que segurou o mercado, e, sim, NY, que assustou com a queda de quase 3% do S&P-500. Quando o S&P balança, você sabe disso, bota o mundo de sobreaviso.

... Se não fosse por TRUMP e por sua guerra comercial com a China, era pra ter festa na bolsa, porque não é todo dia que o BC derruba o juro com duas tranches em uma - como fez o COPOM nesta semana.

... Se um juro de 6,5% já estava tirando o sono dos gestores, 6% vai virar pesadelo para quem tem de enfrentar os clientes pedindo aquele 1% de rendimento ao mês. Ou colocam ações nas carteiras ou colocam ações.

... A migração da renda fixa para a bolsa mal começou e parece ser inexorável, sobretudo quando se considera que o Brasil está no início de um ciclo de crescimento, e já tem contratado para esse ano um PIB de 3%.

... Evidentemente, as coisas seriam mais fáceis se o cenário externo não atrapalhasse, se as eleições estivessem mais definidas, se o mercado pudesse contar com um candidato reformista mais competitivo.

... Mas, como não se pode ter tudo, o desafio é continuar enfrentando o que vem pela frente e não perder o foco.

MAIS SUPREMO - Os ministros passaram o dia discutindo se dariam ou não conhecimento do HC de LULA, e quando decidiram dar, não dava mais tempo de julgar o mérito, porque Suas Excelências estavam cansadas.

... Marcou-se, então, o julgamento do habeas corpus para dia 4 de abril, porque na semana que vem não haverá sessão plenária, por causa do feriado da Sexta-Feira Santa. Sim, eles emendam a semana inteira de folga.

... A defesa de LULA argumentou que seu cliente não poderia ser prejudicado pela demora da Justiça, e pediu em liminar no plenário que ele não pudesse ser preso até que fosse julgado o habeas corpus. Levou.

... O salvo-conduto foi dado, com o voto de Rosa WEBER, considerado decisivo para a derrota do HC. A ministra é contra a prisão em segunda instância, mas costuma respeitar a jurisprudência do Tribunal.

... No dia 4, Rosa WEBER terá a chance de fazer diferente, ou LULA ainda sairá com habeas corpus do STF. Isso, se algum ministro não pedir vista do HC e os advogados conseguirem manter a liminar do salvo-conduto.

TRF-4 - Em Porto Alegre, desembargadores confirmaram o julgamento dos embargos de declaração para 2ªF, 26.

AGENDA - IPCA-15 de fevereiro (9h) tem previsões entre 0,05% e 0,28%, com a mediana de 0,10% (Broadcast), abaixo da preliminar de fevereiro (0,38%). Mais cedo (8h), sai a terceira quadrissemana do IPC-S.

... Às 10h30, o BC divulga a nota do setor externo de fevereiro, com estimativas de um déficit de US$ 1,4 bilhão a superávit de US$ 4,5 bilhões, com mediana positiva de US$ 534 milhões. Janeiro teve déficit de US$ 4,3 bilhões.

... CYRELA (11h) e TECNISA (12h) fazem teleconferências com analistas e investidores para comentar balanços.

CESSÃO ONEROSA - Comissão Interministerial realiza 8ª Reunião no Ministério da Fazenda, às 10h.

... Nesta 5ªF, o ministro Fernando COELHO Filho (MME) informou que as negociações para a revisão do contrato entre PETROBRAS e o governo, assinado em 2010, avançaram e um acordo poderá sair em até 40 dias.

... Na informação mais importante, o ministro confirmou que a PETROBRAS é credora da União e "possivelmente receberá algum valor". O tamanho desse valor, segundo COELHO, "é o que a gente precisa definir".

... No mercado, a expectativa é de que a PETROBRAS receberá em torno de R$ 15 bilhões.

BRASIL & EUA - A Casa Branca confirmou oficialmente, ontem à noite, a isenção da sobretaxa às importações do aço e alumínio brasileiros até 1º de maio, enquanto os dois países negociam novos acordos comerciais.

AQUECENDO OS MOTORES - Era para ser um pregão de grandes ganhos na BOVESPA, após o COPOM carimbar a nova queda da SELIC para maio. Mas TRUMP estragou o dia com o pacote protecionista contra a China.

... Mesmo assim, a bolsa mostrou sua força, resistindo bem ao tombo de quase 3% das bolsas norte-americanas, com leve baixa de 0,25%, aos 84.767 pontos. O giro financeiro foi um pouco menor, de R$ 10 bilhões.

... Apesar da turbulência em NY, os analistas apostam que o mercado tem motivos de sobra para tomar impulso.

... Marcio APPEL, gestor de um dos maiores fundos do País (ADAM CAPITAL), anda apregoando com entusiasmo 160 mil pontos para o IBOVESPA, admitindo que os juros já estão mais baixos do que ele esperava.

... APPEL prevê que o País pode crescer ao ritmo de 2,5% a 3%/a.a por até quatro anos sem pressão inflacionária.

... Entre as blue chips, VALE caiu 1,34% (R$ 41,93), PETROBRAS PN, -1,5% (R$ 21,72) e ON, -0,55% (R$ 23,63). Já no setor financeiro, ITAÚ PN caiu (-0,32%, a R$ 49,92) e BRADESCO PN (+0,61%, a R$ 38,22) subiu.

JUROS - Podem voltar a cair nesta 6ªF caso o resultado do IPCA-15 de março fique dentro ou abaixo da previsão.

... Ontem, o ajuste pós-COPOM prevaleceu sobre o nervosismo externo, fazendo a curva ganhar inclinação. As taxas de curto e de médio prazo mostraram fechamento de quase 20 pontos-base, com volume elevado.

... A SELIC a 6,5% já estava no preço, mas quase ninguém esperava uma mensagem tão clara do BC para um novo corte em maio, que deve derrubar a taxa para 6,25%, como passou a projetar a curva do DI (80%).

... O DI para janeiro/2019 recuou de 6,454% para 6,240%, janeiro/2020 caiu de 7,39% para 7,14%, janeiro/2021 passou de 8,25% para 8,06%, e janeiro/2023 recuou de 9,09% para 8,99%.

DÓLAR - A tensão provocada pela decisão de TRUMP de impor tarifas à China fez a moeda subir 1,29%, cotada a R$ 3,3083. A alta não foi maior porque exportadores entram vendendo na marca dos R$ 3,30.

É GUERRA - Depois da sobretaxa ao aço e alumínio, o novo alvo de TRUMP foram os eletrônicos chineses. Sob a alegação de "roubo" de propriedade intelectual, os EUA irão impor tarifas de US$ 50 bilhões contra a China.

... TRUMP disse que as barreiras são apenas o começo de uma relação comercial "justa" com o país asiático.

... Horas depois, a CHINA respondeu, mas pegou leve, com retaliações que somam apenas US$ 3 bilhões em uma série de produtos norte-americanos, como carne de porco e alumínio reciclado. Pode vir mais por aí.

FECHOU O TEMPO - A guerra comercial não tem o apoio de Wall Street e o mercado mostrou isso mais uma vez.

... DOW Jones fechou abaixo dos 24 mil (-2,93%, 23.957,89 pontos), o S&P 500 caiu 2,52% (2.643,69 pontos) e o NASDAQ, -2,43% (7.166,68 pontos). O índice de volatilidade VIX disparou 30,68%, rompendo os 20 pontos.

... Entre as maiores baixas: JP MORGAN (-4,1%), MORGAN STANLEY (-4,3%), 3M (-4,6%) e CATERPILLAR (-5,7%).

... Para CAPITAL Economics, a política comercial de TRUMP continuará pesando sobre os mercados nos próximos dias. BOFA MERRILL LYNCH também aponta maior chance de queda dos ativos de risco neste momento.

... O medo de uma guerra comercial entre EUA e China fez os investidores buscarem segurança nos TREASURIES, com queda do yield de dois anos de 2,291% para 2,278% e de dez anos, de 2,880% para 2,822%.

... No câmbio, o EURO caiu para US$ 1,2322 e a LIBRA para US$ 1,4114. Já o IENE (105,41) subiu ante o DÓLAR.

PETRÓLEO - Os preços do BRENT disparavam nos pregões asiáticos, após TRUMP nomear John BOLTON como o novo conselheiro de segurança nacional, que tem visão bélica contra Irã e também Coréia do Norte.

... Nesta 5ªF, depois de duas sessões de ganhos expressivos, os preços recuaram, com investidores preocupados com o impacto das medidas protecionistas anunciadas pelos EUA contra a China.

... O WTI/maio fechou em baixa de 1,33% na NYMEX (US$ 64,30) e o BRENT caiu 0,81% (US$ 68,91).

... HOJE, a BAKER HUGHES divulga às 14h o dado semanal de poços e plataformas em atividade nos EUA.

MAIS AGENDA - Estão previstos nos EUA os dados de encomendas de bens duráveis em fevereiro (9h30), com previsão de +1,5%, e de vendas de moradias novas em fevereiro (11h), previsão de +4,6%.

... Três FED boys participarão de eventos: Raphael BOSTIC (com direito a voto) falará às 9h10, Neel KASHKARI (sem voto) discursará às 11h30 e Robert KAPLAN (sem voto) responderá perguntas às 12h30.

... Na Europa, o BC da Rússia anuncia às 7h30 sua decisão de política monetária. O BoE divulga às 9h30 seu boletim econômico trimestral. DRAGHI (BCE) participa de reunião do Conselho Europeu em Bruxelas.

JAPÃO HOJE - A inflação do CPI acelerou 1,5% em fevereiro, abaixo da expectativa (1,7%). O núcleo subiu 1%.

... Tóquio fechou em forte queda de 4,5%, aos 20.617 pontos, com as sanções contra a China. Todas as bolsas asiáticas tiveram perdas muito grandes, enquanto o minério de ferro chegou a afundar mais de 6% em Dalian.

EM TEMPO... Italiana ENEL fez proposta para levar a fatia da AES na ELETROPAULO...

... Oferta primária de ações deve ser mantida para reforçar caixa da companhia.

PORTOS. Empresas ameaçam esvaziar leilão por causa da taxa de remuneração fixada pela ANTAQ...

... Setor esperava que custo médio ponderado do capital (WACC) ficasse em 10%; agência reduziu para 8,03%.

CYRELA. Lucro aumenta 57,6% no 4T27, para R$ 48,8 milhões.

TECNISA. Prejuízo diminui 30,3% no 4T17, para R$ 175,209 milhões.

CPFL RENOVÁVEIS sai de prejuízo para lucro de R$ 51,243 milhões no 4T17.

JSL reverte prejuízo e lucra R$ 8,6 milhões no 4T17.

HERMES PARDINI. Lucro cresce 54,8% no 4T17 para R$ 29,4 milhões.

... Propõe à AGO dividendo de R$ 0,0324/ação. Ex em 02/05.

LOCALIZA pagará juros de R$ 0,0635/ação. Ex em 29/03.

UNIDAS fará emissão de R$ 500 milhões em debêntures.

M. DIAS BRANCO. Conselho aprova emissão de até R$ 810 milhões em debêntures

ALIANSCE. AGO analisará distribuição de dividendo de R$ 0,1166/ação. Ex em 26/04.

WIZ vai sugerir à AGO pagamento de dividendo de R$ 0,5117/ação. Ex em 20/04.

BANRISUL. Conselho propõe redução de capital de R$ 353,3 milhões sem cancelamento de ações.

ITAIPU. FITCH afirma rating AA+(bra) e revisa perspectiva para estável.

 

*Com informações de Rosa Riscala 


Tópicos Recentes