POLÍTICA

06/02/2018 as 21:35

Só para lembrar que a vida não é só Carnaval

Dizem que o ano só começa quando acaba a festa de momo


José Américo

Política Nacional
Os bastidores do poder em Brasília
Arte/Junião<?php echo $paginatitulo ?>

2018 nem bem começou e já estamos nas vésperas do Carnaval. Em alguns lugares como Salvador da Bahia já é Carnaval a muito tempo.

Mas a vida não é só Carnaval, muito pelo contrario a realidade é outra. Esta semana o Congresso Nacional reiniciou o seu ano legislativo depois de longo período de férias remuneradas dos nossos parlamentares.

Sem querer incomodar o leitor, mas já incomodando, gostaria de conclamar a todos e, principalmente, aos eleitores que fizessem um reflexão sobre o trabalho desses parlamentares e os principais problemas vividos hoje nos quatro cantos do país e que torna a vida da maioria da população num verdadeiro inferno. 

Falta saúde, educação, creches, estradas, segurança. Temos muitas ruas esburacadas, esgoto a céu aberto, falta d’água, desemprego e sobra sofrimento. Estes parlamentares estão lá para trabalhar e resolver tudo isso. Se não resolver, pelo menos tentar de verdade.

Afinal são eles os representantes do povo. São eles e seus partidos que estão no poder na presidência da Republica, nos estados e nos municípios. São ou não são eles que prometem o céu e nos dão esse inferno?

Claro que você pode livrar a cara de uns poucos, mas a maioria é responsável ou, no mínimo, conivente com tudo isso. Mas esse ano vão voltar às suas bases, aí na sua cidade, pedindo mais uma vez o seu voto e renovando as promessas. Depois de dizer que tudo que você viu de obra no seu município foi eles que fizeram, vão colocar a culpa de todos os problemas que você enfrenta no dia-a-dia na crise, na oposição, no governo, na Polícia Federal, na Justiça e até mesmo em você.

Você sim.

E eles terão razão. Afinal, foi você que os elegeu. E se tá tudo assim nesse caos, o culpado realmente é você.

Por isso olhe para esses candidatos que querem se reeleger e para aqueles que surgem se apresentando como novas promessas na política e analise suas histórias de vida. Procure saber se não estão envolvidos em escândalos de corrupção, crimes de qualquer natureza, ou se já não foram condenados ou estão sendo processados.

Procure saber a verdade sobre o que dizem ou se o que prometeram realmente cumpriram. Sobre os candidatos novos confira a verdade daquilo que vão prometer, se são capazes de cumprir ou se repetem a mesmice de sempre.

Façam um esforço de memória e tentem lembrar em quem votou. Veja se lembra do que esse seu candidato prometeu. Se tá limpo com a justiça e merece seu voto novamente.

Se estamos vivendo nesse estado de guerra e vendo o nosso futuro e o futuro dos nossos filhos correndo perigo, nós só temos uma maneira de mudar essa situação: votando certo.

Não tem para onde correr, a ferramenta da mudança é o voto com consciência, escolhendo com critério em quem votar, exigindo que os candidatos se comprometam com propostas concretas e não vendendo ou desperdiçando o nosso voto como se a urna fosse uma lata de lixo.

O eleição é a nossa trincheira de luta e o voto a nossa arma. Vamos vencer essa guerra e construir um Brasil com saúde, educação, trabalho e segurança para todos.

Em outubro teremos a primeira batalha, mas a luta continua e vamos precisar de um bom tempo, várias eleições futuras para vencer de vez essa guerra. 

Só chegaremos a algum lugar se começarmos a caminhar agora. Para tanto temos que dar o primeiro passo.

E, quem sabe, um dia, brincar o Carnaval da vitória.

A vitória de um pais que foi construído com a força, o sangue e o suor da maioria honesta e trabalhadora, que acordou do pesadelo e realizou o sonho sonhado por todos, o sonho de um Brasil de gente descente, um Brasil onde o básico será uma coisa normal para todas as famílias.

Isso é possível, só depende de nós!

Por isso é bom lembrar que a vida não é só Carnaval!

 

 

 


Tópicos Recentes