EDITORIAL

08/03/2017 as 15:55

Jair define Botafogo com força máxima e descarta usar Carli e Marcelo juntos

Nós tivemos um planejamento e conseguimos cumpri-lo

fonte

Foto: Vitor Silva / SS Press / BFR<?php echo $paginatitulo ?>

Se a Taça Guanabara ficou em segundo plano no Botafogo em razão dos confrontos decisivos pela fase preliminar da Copa Libertadores, o time vai começar a Taça Rio apostando no que tem de melhor. Foi o que avisou nesta quarta-feira o técnico Jair Ventura, na véspera da estreia do time no segundo turno do Campeonato Carioca, diante do Volta Redonda, no Engenhão.

E o treinador garantiu que o Botafogo aproveitou muito bem o período sem jogos - não atua desde 22 de fevereiro, quando passou pela Olimpia, no Defensores del Chaco, para garantir presença na fase de grupos da Libertadores - como se tivesse realizando uma segunda pré-temporada.

"Nós tivemos um planejamento e conseguimos cumpri-lo. Foi bom, conseguimos dar uma rodagem para todo o nosso elenco, tirando o Gorne, que ainda não teve oportunidade. Agora vamos com força máxima no Campeonato Carioca. Nós fomos o único clube dos grandes que não esteve na semifinal do Carioca, mas também o único que disputou dois jogos na Libertadores. Sei o quanto é gostoso ser campeão carioca e também gostaria para nós desse título", afirmou.

Jair confirmou que vai aproveitar Montillo, recuperado de lesão, no duelo com o Volta Redonda, mas avisou que o jogador não deverá suportar toda a partida. "Talvez não jogar os 90, mas vamos ver como ele e o jogo irão se comportar. A intensidade, o que vai acontecer durante a partida. Trabalho com todas as possibilidades", disse.

Além disso, apesar do ótimo começo de temporada do jovem Marcelo, Jair revelou que não o enxerga jogando ao lado de Joel Carli na zaga. Assim, o argentino deverá ter a companhia de Emerson Silva no setor.

"Você ganha em velocidade com o Marcelo e em experiência com o Carli. Também tem uma técnica mais apurada. Quem ganha é o Botafogo. O Marcelo entrou numa situação muito difícil e trouxemos essa joia dos juniores. Não joga os dois pela questão do lado. O Marcelo hoje é central. Podemos adaptar? Sim. Vale à pena? Talvez. Tudo tem que ser estudado", justificou.

Com isso, o Botafogo deverá entrar em campo para enfrentar o Volta Redonda com a seguinte formação: Gatito Fernández; Jonas, Carli, Emerson Silva e Victor Luís; Bruno Silva e Airton; Camilo, Montillo e Rodrigo Pimpão; Roger.

 


Tópicos Recentes