POLÍCIA

08/02/2018 as 09:15

PF prende parlamentar em aeroporto de guarulhos

Rodrigues foi condenado a cinco anos e três meses

R7

Divulgação<?php echo $paginatitulo ?>

O deputado federal João Rodrigues (PSD) foi preso pela Polícia Federal na manhã desta quinta-feira (8) no aeroporto de Guarulhos (SP). A PF cumpre o mandado de prisão expedido pelo STF (Supremo Tribunal Federal). 

O deputado ia embarcar para o Paraguai quando foi preso pela PF. Rodrigues foi condenado a cinco anos e três meses de prisão, acusado de dispensa irregular de licitação para a compra de uma retroescavadeira. 

O crime teria acontecido em 1999, quando Rodrigues assumiu a prefeitura da cidade de Pinhalzinho (SC) por 30 dias. Embora o mandado de prisão tenha sido expedido nesta quarta, Rodrigues foi condenado pelo STF em 6 de fevereiro de 2017. 

Segundo a PF, o STF expediu o mandado de prisão "com receio de que ocorresse a prescrição da execução da pena, prevista para a próxima segunda-feira (12)". 

Em vídeo gravado e enviado pela defesa do deputado à imprensa, o próprio parlamentar fala sobre sua prisão. O parlamentar afirma que estava retornando com a família de Orlando e o destino seria Campinas, São Paulo.

 No entanto, diante da decisão do STF, ele decidiu mudar para Assunção, no Paraguai.

— Eu quis evitar o constrangimento da minha família. Por isso, descemos em Assunção para amanhã de manhã fazer o deslocamento de carro até Chapecó, onde sexta-feira, conforme já havia anunciado, estaria me apresentando à Polícia Federal para início de cumprimento de pena, já que tinha mandado de prisão em andamento.

Na quarta-feira, o advogado de defesa do deputado, Marlon Bertol afirmou que não havia previsão para a prisão acontecer e que apresentaria um pedido de suspensão do mandado ao STF. Ele disse que Rodrigues estaria no Brasil, mas sem informar em qual cidade.

João Rodrigues gravou vídeo antes de ser preso pela Polícia Federal

https://youtu.be/PNqPf9ImF5E


Tópicos Recentes